NIGRA KORO DISTRO

Livraria Dissidente

As Matanças de Anarquistas na Revolução Russa, O mito do partido & outros escritos

Um texto que denuncia a natureza autoritária, genocida e centralizadora do bolchevismo.

R$6,00

Em estoque

As Matanças de Anarquistas na Revolução Russa, O mito do partido & outros escritos

Categoria:

Descrição

As Matanças de Anarquistas na Revolução Russa, de Juan Manuel Ferrario, é um texto que denuncia a natureza autoritária, genocida e centralizadora do bolchevismo, pautado em fatos concretos ocorridos durante o processo que envolve a Revolução Russa de 1917. No decorrer de sua análise, o autor resgata ainda acontecimentos históricos pouco mencionados na atualidade como o levante de Kronstadt e o surgimento e aniquilação do movimento makhnovista, discorrendo sobre os projetos e atuação anarquista na Rússia da época. O Mito do Partido, publicado pela Federação de Estudantes Libertários, analisa o caso da Revolução Russa buscando demonstrar que a revolução social não pode, de forma alguma, ser obra de um Partido ou de quaisquer formas vanguardistas. Completando a coletânea, há o texto Por que a revolução não realizou suas esperanças, da militante anarquista Emma Goldman, que analisa os pontos que levaram ao fracasso da revolução sob uma ótica libertária. Três textos que, em seu conjunto, trazem a tona não apenas uma atuação anarquista hoje obscurecida pela história oficial, mas também importantes questionamentos a despeito do projeto soviético. Os dois primeiros textos são de tradução da Imprensa Marginal; o terceiro é uma reedição de publicação anteriormente editada e traduzida pela Editora Imaginário.

WhatsApp chat

Livros recomendados

Questão Feminina - Emma Goldman

Clube de Assinatura

A Anarquia Explicada Aos Nossos Filhos