Os camisas negras e a esquerda radical: fascismo racional e a derrubada do comunismo

as grandes questões da nossa época: fascismo, capitalismo, comunismo, revolução, democracia e ecologia

Descrição

Os camisas negras e a esquerda radical explora algumas das grandes questões da nossa época: fascismo, capitalismo, comunismo, revolução, democracia e ecologia – termos frequentemente mencionados, mas raramente explorados da maneira original e envolvente que se tornou a marca registrada de Michael Parenti.

Parenti mostra como o “fascismo racional” presta serviço ao capitalismo, como o poder empresarial solapa a democracia e como as revoluções representam um empoderamento das massas contra as forças privilegiadas e exploradoras. Ele também mapeia as forças externas e internas que destruíram algumas experiências do socialismo real e o impacto desastroso da vitória do “livre-mercado” na Europa Oriental e na antiga União Soviética. Além disso, Parenti defende a relevância de ideologias proscritas, como o marxismo, demonstrando a importância da análise de classe no entendimento de realidades políticas e no tratamento do choque permanente entre o meio ambiente e os interesses de conglomerados empresariais globais.

Escrito em um estilo lúcido e eloquente, este livro vai além dos raciocínios truncados, convidando-nos a ligar pontos de vista iconoclastas e a nos perguntar por que as coisas são do jeito que são. Trata-se de uma análise ousada e cativante das épicas lutas do passado e do presente.

“Considero Michael Parenti um dos mais geniais pensadores da história do marxismo e o maior representante vivo do pensamento crítico estadunidense. Ele é, infelizmente, pouco conhecido no Brasil. Leiam tudo que puderem dele, pois garanto que não vão se arrepender.”
– Jones Manoel

“Um escritor incisivo e persuasivo cuja argumentação se apoia em uma gama formidável de documentações.”
– The Catholic Journalist

“Ao retratar a luta entre fascismo e comunismo como um único conflito, e não uma série de encontros dispersos, entre a necessidade insaciável do capital, por um lado, e a sobrevivência de um sistema sitiado, por outro, Parenti define o fascismo como a arma do capitalismo – não simplesmente uma forma extrema dele. O fascismo não é uma aberração, ele aponta, mas um componente ‘racional’ e integral do sistema capitalista.”
– Stan Goff, autor de Full Spectrum Disorder: The Military in the New American Century

Michael Parenti

é um dos principais pensadores progressistas dos EUA, onde realiza palestras por todo o país. É o autor de Dirty Truths, Against Empire, Democracy for the Few e Land of Ideals: Political Mythology in America, além de muitos outros livros. Ele mora em Berkeley, na Califórnia.

R$65,00

Em estoque

Pague parcelado sem cartão com Mercado Pago

Título do livro:

Os camisas negras e a esquerda radical: fascismo racional e a derrubada do comunismo

Compartilhe o que é bom: